IBBN - Dourados / Logo
 
  Sii - IBBN  
Louvor, Adoração e Compromisso
Com a Palavra de Deus
 
AUDIO MP3
FOTOS
VÍDEOS
MISSÕES
NOVIDADES
PÃO DIÁRIO
ESTUDOS
AGENDA
CONTATO
 
ULTIMAS NOTÍCIAS Voltar
   
Pão DiárioProcuradora afirma que criança “não pertence à família”

A procuradora federal dos Direitos do Cidadão Deborah Duprat participou de um debate na TV Câmara com os deputados Glauber Braga (PSOL/RJ), Marcos Rogério (DEM/RO) e Miguel Nagib, advogado e criador do movimento Escola sem Partido. Em meio aos argumentos, ela fez uma declaração surpreendente, que teve grande repercussão nas redes sociais.

Duprat mostrou a verdadeira face da doutrinação ao afirmar que o filho não pertence à família. Isso é especialmente relevante por que esta semana foi aberta a comissão para discutir no plenário o PL 7180/14, projeto de lei apelidado de “Escola sem Partido”.

No entendimento da procuradora, existe uma “percepção equivocada de que a criança pertence à família, que a família tem um poder absoluto sobre a criança. Não é verdade”. Insistiu ainda que o que os pais ensinam em casa não poderia “prevalecer” sobre o que é apresentado em sala de aula.

Seu discurso revela pesados tons marxistas, apelando para uma leitura parcial da Constituição e citando questões debatidas em outros contextos na Europa, tentou arguir em favor de um controle da sociedade sobre o que as crianças aprendem nas escolas.

Ao defender sua postura, que embasa a proposta a lei, Nagib replicou, afirmando que a procuradora defende “que o professor poderá transmitir aos filhos dos outros as suas próprias convicções religiosas e morais… Evidentemente, isso é um absurdo, isso é um despropósito. Nenhum país do mundo, a não ser talvez a Coreia do Norte, adote esse sistema que está sendo proposto pela procuradora”.

Apresentando diversos argumentos, o advogado mostrou que, entre outras coisas, as doutrinações nas escolas são usadas para atacar a religião e a moral. Para comprovar isso, citou no ar uma “nota técnica” emitida por Deborah Duprat, onde ele assevera que: “A escola é o lugar estratégico para o fim das ideologias religiosas, que apresentam o mundo como a criação dos deuses”.

Ao rebater a fala do deputado Glauber, Najib lembrou que o PSOL é um dos partidos que mais se beneficia da doutrinação nas escolas. O advogado ressaltou que é “Explicitar os limites éticos e jurídicos da atividade dos professores”, para que os professores militantes não consigam influenciar toda uma geração.

A “Escola sem Partido” é uma tentativa de impedir que os professores usem o ambiente escolar para doutrinar os alunos, impondo suas convicções pessoais referentes a política, religião e sexualidade, por exemplo.

publicado 24 de fevereiro de 2017
Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/deborah-duprat-crianca-nao-pertence-familia/

 
Pastoral
Procuradora afirma que criança “não pertence à família”


Pastoral
Trump anula regra sobre banheiros de acordo com “identidade de gênero”


Pastoral
Israel bombardeia Síria: uma nova guerra?


Pastoral
Brasil produz mais de 18 mil Bíblias por dia


Pastoral
Cantora do The Voice Kids canta “Ressuscita-me” e avó melhora na UTI


Pastoral
Marine Le Pen se recusa a usar véu e reunião com líder islâmico é cancelada


Pastoral
Correios comemora 500 anos da Reforma com selo


Pastoral
Islã não é a fonte do terrorismo, defende Angela Merkel


Pastoral
Alemanha tenta pagar para refugiados muçulmanos saírem do país


Pastoral
Governo Temer se posiciona contra Israel e defende divisão do território


Pastoral
Irã quer reforçar relações com o Brasil em “todos os setores”


Pastoral
Igrejas “falham” por que estão sempre fechadas, indica estudo


Pastoral
Estado Islâmico ataca Israel lançando sete foguetes


Pastoral
Ezequiel Teixeira trabalha pela aprovação da “Escola sem Partido”



 
 
 
IBBN - Dourados / Logo
A Igreja Congregações Fotos Vídeos Estudos Novidades Agenda Contato
Facebook   Twitter   Youtube   Youtube

IBBN - Igreja Batista Boas Novas End.: Manoel Rasselen nº1205 / Jardin Vista Alegre, Dourados-MS / CEP: 79813-070 / Fone: 67 - 3425-4545
Flag Brasil - Logo